Quem Somos

Este é um espaço para discutir as ameaças ao sistema democrático e ideias para construção de um país menos desigual. Ele nasce da obsessão por compreender porque os brasileiros escolheram um projeto ancorado no confronto com a democracia social desenhada pela Constituição de 1988, conservador nos costumes, negligente com a preservação do meio ambiente, irônico com os direitos elementares das minorias e, que na economia, sugere a adoção de um liberalismo selvagem e fora do contexto mundial. O site nasce, também, para resistir à expansão da arquitetura da destruição, evitar o nosso aprisionamento no obscuro território da negação de conquistas humanitárias. Aqui se defende o pluralismo, há uma busca pelas ideias voltadas a novas utopias, já que as utopias conhecidas ficaram mais distantes. Quem sabe, a luta para sobreviver à pandemia do COVID-19, que se espalha pelo planeta Terra, não traz junto uma sociedade mais preocupada com a igualdade entre os homens?

História

O grupo Terapia Política surgiu a partir de reuniões presenciais entre pessoas com múltiplas formações acadêmicas e de diferentes gerações. Foi constituído na primavera de 2016, com a obsessão de explicar o que não foi bem nos governos anteriores, sempre com o cuidado de evitar as respostas fáceis. Antes de avançar muito na compreensão do passado recente, a história se encarregou de continuar provocando metamorfoses e assim, os brasileiros elegeram, em 2018, um presidente da República ancorado num projeto de ameaça ao sistema democrático. Diante do novo e desafiador cenário político, o grupo decidiu então criar esse site para ampliar e chamar ao debate e à reflexão os mais plurais setores da sociedade brasileira.

Conselho Editorial
Conselho Gestor
Colaboradores

Responsabilidade

Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores e expressam exclusivamente a opinião do autor, não necessariamente refletindo as opiniões do Conselho Editorial do Blog.